Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Trens da CBTU devem circular só em horários de pico a partir de março na Paraíba

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

/ por News Paraíba

Superintendência de João Pessoa busca, junto ao Ministério das Cidades, aumentar o orçamento da Unidade para alterar projeção.

Os trens da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) podem deixar de circular em alguns horários a partir do mês de março na Grande João Pessoa. Segundo o G1, a recomendação foi passada pela direção nacional da empresa, no Rio de Janeiro, após um corte de 42% no orçamento anunciado pelo Ministério das Cidades. Em João Pessoa, a queda no repasse foi de 31%.

Através de um memorando interno, a CBTU recomenda que todas as superintendências regionais adotem, a partir do dia 5 de março, a medida de operar os trens apenas nos horários de pico durante a semana e de cessar totalmente as atividades no sábados. Além disso, a direção da CBTU informou que as empresas que prestam serviços ao órgão, como terceirizadas de pessoal de limpeza e segurança, devem ficar de sobreaviso para a possibilidade de corte imediato dos contratos, devido a falta de verbas “para o empenho mensal ou ainda manutenção de contratos, contratações, manutenções, vigilância, dentre outras medidas necessárias para operação de maneira segura e eficiente”.

Em nota, a CBTU de João pessoa esclareceu que “o orçamento liberado para este ano foi reduzido em 31% e revela-se insuficiente frente às despesas de custeio da Unidade”. No entanto, a superintendência busca, junto ao Ministério das Cidades, a “suplementação orçamentária para continuar operando normalmente, a exemplos dos anos de 2015, 2016 e 2017”.

Conforme Severino Urbano, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Estado da Paraíba, a CBTU vem sofrendo cortes sucessivos há três anos. “Esse em 2018 foi o pior de todos”, avaliou. “Enquanto a empresa vem sofrendo com indicações de cargos comissionados, nós sofremos com a falta de investimentos”. Segundo Severino, o valor garantiria a manutenção das operações em João Pessoa apenas até o mês de maio, mesmo com as medidas adotadas pela empresa em face do corte de recursos.

Nacionalmente, o orçamento destinado às operações do órgão no ano de 2017 foi de R$ 260.000.000, valor que foi reduzido para R$ 150.000.000 em 2018. Segundo a companhia, o montante seria insuficiente para garantir o pleno funcionamento das atividades nas cidades de João Pessoa, Recife, Natal, Belo Horizonte e Maceió, prejudicando mais de 600 mil pessoas diariamente.

Em nota, a CBTU nacional confirmou o corte de 42% e informou que “busca a recuperação do seu orçamento para o ano de 2018, visando manter seus níveis adequados de operação”.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.