Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

39% da população paraibana depende do programa Bolsa Família

segunda-feira, 19 de março de 2018

/ por News Paraíba

Os beneficiários do Bolsa Família representam 39% da população paraibana. De acordo com o levantamento divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a Paraíba fica em 5º lugar no ranking Brasileiro, empatado com o Pará. A Pesquisa intitulada de “Topografia Social Regionalizada no Estado da Paraíba”, constatou que cerca de 90% da população inscrita no programa no Estado utiliza o dinheiro para a sobrevivência na compra de alimentos.

Esses dados foram divulgados em 2016 pela Secretaria de Desenvolvimento Humano da Paraíba (SEDH-PB), em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). “É importante falar sobre o assunto, para desmistificar que o programa não serve para as necessidades básicas da família”, afirma a gerente executiva de Assistência Social da SEDH-PB, Patrícia Larissa.

De acordo com dados da SEDH-PB mais de 500 mil famílias recebem o benefício no Estado. “A realidade é que a maioria dos beneficiários dependem exclusivamente do recurso para a sobrevivência, principalmente nos 189 municípios onde a população chega até 20 mil habitantes. Nesses casos, basicamente cerca de 80% dos moradores participam do programa“.

Mais de um terço da população de 11 estados do país são inscritas no Bolsa Família. No Levantamento do MDS, o Maranhão ficou em 1º lugar com a maior relação entre a população de quem recebe o benefício. De acordo com o MDS, 48% da população recebe os recursos no estado.

O cálculo foi realizado com o número de beneficiários a partir do tamanho das famílias que participam do programa. O ministério calculou  o número de famílias representadas nos estados a partir das estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBG). Os dados são de dezembro de 2017.

O Jornal da Paraíba tenta falar com o Ministério do Desenvolvimento Social no dia 7 de fevereiro de 2018 e não obteve retorno até às 11h13 desta segunda-feira, 12 de março.

Quem pode participar do programa

O público alvo do programa são famílias que estão na faixa de pobreza ou extrema pobreza. As famílias que se encaixam na categoria de extrema pobreza são as que tem como renda mensal um valor de até R$ 85 por cada membro familiar. Já as que são consideradas pobres são as que possuem entre R$ 85,01 até R$ 170. Porém, para as famílias pobres participarem do programa, é necessário conter crianças ou adolescentes até 17 anos.

Para receber o benefício o interessado deve realizar o cadastro no Cad-Único – Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal. A inscrição é realizada na Prefeitura da sua cidade, no setor responsável pelo programa. Logo após, é necessário fazer o cadastro do Bolsa Família no mesmo setor.

Os documentos necessários para realizar o cadastro:

– RG, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho – de todos os membros da família;

– Documentação para comprovar renda da família;

– Conta de água, luz e telefone.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.