Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

PSC deve seguir corrente majoritária do partido na escolha entre Lucélio e Maranhão

quinta-feira, 17 de maio de 2018

/ por News Paraíba

O partido vai retomar na próxima semana as discussões sobre as eleições de 2018, suspensas após a morte do deputado Rômulo Gouveia.

O pré-candidato a deputado federal Leonardo Gadelha disse que o PSC vai retomar na próxima semana as discussões sobre as eleições de 2018 e reafirmou que o partido quer uma vaga na chapa majoritária, preferencialmente a disputa ao Senado, e coloca dois nomes à disposição: o vice-prefeito de João Pessoa Manoel Junior e o empresário Dalton Gadelha.

De acordo com o ClickPB, Leonardo explicou que, em função da morte de Rômulo Gouveia, o PSC suspendeu todas as atividades políticas por uma semana, as quais serão retomadas na semana que vem, escutando os filiados do partido para tomar uma decisão. 

“Nós temos convicções já formadas no sentido de que vamos marchar com uma das candidaturas de oposição, tanto por uma questão de coerência como de convicção, e vamos a partir da próxima semana retomar o diálogo entre todos os militantes do partido para que a gente de maneira colegiada possa tomar uma decisão o mais rápido possível.

Leonardo disse que embora dois nomes estejam sendo apresentados como opções, aquele que estiver mais disposto e mais preparado para a missão deverá ser o candidato ao Senado. 

“Os dois são qualificados e os dois foram lembrados, é por isso que a gente tem afunilado o processo decisório em nome dos dois nomes, mas qualquer quadro do partido estaria à disposição para a conformação da formação de uma chapa majoritária”, disse Leonardo Gadelha.

Para ele, tanto Lucélio Cartaxo (PV) como José Maranhão (MDB) “encarnam os predicados que hoje são procurados pela população da Paraíba, como austeridade, ficha limpa, boa conduta, ideias novas”, analisou o ex-parlamentar.

Mas a escolha, segundo ele, terá que vir do consenso dentro do partido. “Precisamos ter uma corrente que seja flagrantemente majoritária para que a gente possa marchar com o candidato”, disse.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.