Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Como e quando limpar o celular para evitar contaminação por germes

sexta-feira, 15 de junho de 2018

/ por News Paraíba

Pessoas que costumam comer enquanto usam smartphone ou tablet devem fazer a higienização pelo menos duas vezes por dia

Tudo a nossa volta está repleto de bactérias. A maioria é benéfica. Mas os germes capazes de causar doenças, como intoxicação alimentar, gripes e resfriados, podem entrar facilmente em contato com o organismo caso não haja cuidados. A higiene dos celulares e tablets é fundamental.

As bactérias causadoras de doenças entram no organismo de várias formas. “Elas tendem a fazer isso agarrando-se a suas mãos e, em seguida, movendo-se para os alimentos que você coloca na boca. No entanto, elas também podem ter acesso ao seu sistema quando você toca as orelhas, narinas ou fraturas na pele, como cortes e arranhões. O telefone é um veículo importante na transmissão de organismos infecciosos”, disse Philip Tierno, professor da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos, à revista Time. “E não adianta nada lavar bem as mãos com água e sabão se antes de chegar à mesa a pessoa toca no celular repleto de germes.”

Higienização do celular
 
De acordo com a Veja, a frequência com que os smartphones e tablets devem ser higienizados depende da forma como os indivíduos lidam com os dispositivos no cotidiano. Pessoas que costumam utilizar o telefone no transporte público ou durante as refeições precisam limpá-lo diariamente, ao menos duas vezes.

Quem não costuma usar telefones e tablets em lugares com maior incidência de germes ou evita utilizá-los durante as refeições não precisa ser tão diligente com a higienização, embora isso seja recomendado ao menos uma vez ao dia para prevenir a contaminação.

Além disso, as capinhas de borracha, muito populares como ferramenta para proteger o celular contra quedas, acumulam ainda mais bactérias do que as partes de metal, vidro ou plástico. As laterais da capa e do telefone também tendem a reunir mais germes do que as superfícies lisas.

Prevenindo danos

Mesmo sabendo que o celular acumula bactérias, muitas pessoas preferem não limpá-lo com medo de danificar o produto. Para evitar os eventuais danos que possam ser causados pela limpeza, muitos fabricantes recomendam desligar o dispositivo antes de limpá-lo e evitar a entrada de líquidos na porta de carregamento ou em outras aberturas.

O ideal é borrifar desinfetante em um pano limpo ou em toalha de papel. Passe-o sobre o celular, não esquecendo de cada cantinho do aparelho. Nunca pulverize o produto diretamente no dispositivo.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.