Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Familiares de reeducandos participam de ações de cidadania na Penitenciária Feminina e no Sílvio Porto

segunda-feira, 4 de junho de 2018

/ por News Paraíba

Familiares de reeducandos da Penitenciária Desembargador Sílvio Porto e da Penitenciária de Recuperação Feminina Maria Júlia Maranhão, ambas localizadas no bairro de Mangabeira, na Capital, receberam na manhã desse domingo (3) mais uma ação social de acolhimento. A iniciativa é promovida pelo Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap); Casa Civil do Governador e em parceria com instituições religiosas.

Na ocasião, houve ações de saúde, com equipes formadas por médico, enfermeiro, dentista, assistente social, psicólogo e técnicos de enfermagem, que realizaram testes rápidos de hepatite B e C, HIV e sífilis, verificação de pressão arterial e glicemia. 

Esta é a terceira edição da iniciativa, que teve início no dia 20 de maio, na Penitenciária Flóscolo da Nóbrega (Roger), com ações de saúde, assistência social e atrações culturais. No último domingo (27), a ação foi realizada na Penitenciária Romeu Gonçalves de Abrantes (PB-1), em Jacarapé.

O secretário da Pasta, Sérgio Fonseca, ressaltou a importância do contato mais próximo com os familiares dos reclusos, uma vez que envolve de forma positiva a população carcerária, os familiares e os profissionais que fazem parte do sistema prisional paraibano, além da assistência religiosa, que tem um papel fundamental para a melhoria da qualidade de vida de quem cumpre pena e abre novos horizontes para a mudança de mentalidade dos mesmos, o que proporciona a preparação desses para a reinserção social após o cumprimento das penas. 

A assistente social Priscila Alencar, que responde pela Gerência de Ressocialização da Seap, também reafirmou o êxito das ações junto aos familiares. “Quando se trabalha a família, consequentemente, a unidade prisional fica mais pacífica, pois os familiares são mediadores neste processo de reinserção social”, observou.      

Atrações culturais

A cantora Márcia Félix, egressa do sistema, foi uma das atrações da manhã. Ela executou hinos de louvor acompanhada de uma violonista. Uma parceria com o Centro Estadual de Arte (Cearte) proporcionou apresentação como a performance de dança urbana e contemporânea, com os artistas Vant Vaz e Ayleen Vant e a participação do artista visual e antropólogo Tairone Arruda, que produziu uma tela usando a técnica do grafite.

O bispo Miguel Soares avaliou que sempre que ocorre uma ação neste sentido, que envolve o Estado, a sociedade civil e instituições que trabalham o lado social, é muito importante para as pessoas que estão privadas de liberdade. Por isso, reforça que é uma parceria que traz grandes resultados.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.