Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Prefeito Vítor Hugo reduz R$ 3 milhões por ano em valores pagos à empresa de coleta de lixo em Cabedelo

sexta-feira, 22 de março de 2019

/ por News Paraíba

Em nota emitida na noite desta sexta-feira (22), a Prefeitura Municipal de Cabedelo fez alguns esclarecimentos acerca das questões que envolvem o contrato de coleta de lixo da cidade.

De acordo com o texto, o contrato já estava em vigor quando da posse do prefeito Vítor Hugo ainda em março do ano passado, o que fez com que determinasse, dentre outras medidas, que se realizasse uma auditoria que constatou os altos valores pagos até então, determinando que houvesse uma diminuição imediata dos repasses feitos à empresa responsável, levando ao Tesouro Municipal uma economia mensal de R$ 250 mil por mês, ou R$ 3 milhões por ano.

A nota ainda esclarece que o aumento recente dos pagamentos pela coleta deram-se em decorrência da ‘Operação Verão’, desencadeada na alta estação, período em que a cidade recebe maior fluxo de turistas e, por consequência, produz mais resíduos, fazendo com que também aumento o trabalho realizado pela concessionária.

CONFIRA A NOTA, NA ÍNTEGRA:

NOTA

Com relação à empresa responsável pela coleta de lixo, a Prefeitura Municipal de Cabedelo informa que o contrato atual já estava em vigor quando o prefeito Vítor Hugo assumiu a gestão. Uma de suas primeiras medidas à frente da PMC, no entanto, foi autorizar uma auditoria interna com relação ao contrato e a consequente redução dos valores pagos à empresa responsável. 

A auditoria solicitada pelo prefeito constatou que o valor de R$ 970 mil pagos mensalmente pela coleta de lixo era um dos mais altos do Estado. Durante as antigas gestões, os valores saltaram de R$ 460 mil/mês em 2012 para R$ 460 mil em 2013, até chegar a R$ 1,1 milhão/mês em 2017. 

O prefeito, então, determinou a redução dos atuais R$ 970 mil para R$ 720 mil, gerando uma economia imediata de R$ 250 mil por mês ou R$ 3 milhões por ano ao erário municipal, em valores pagos através de transferência bancária.

Já o período de Novembro de 2018 a Fevereiro de 2019 houve um aumento de despesa justificado pela "Operação Verão", onde a população na cidade chega a dobrar, graças ao incentivo ao turismo.

News Paraíba

Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.