Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Audiência da 'Operação Cartola' ouve quatro testemunhas de defesa, em João Pessoa

quarta-feira, 10 de julho de 2019

/ por Batista Santos
Na segunda audiência da Operação Cartola, quatro testemunhas de defesa foram ouvidas, nesta quinta-feira (10), no Plenário do Fórum Criminal de João Pessoa. Deflagrada em abril de 2018, pelo Ministério Público da Paraíba e pela Polícia Civil, a operação investiga manipulação de resultados no futebol paraibano.
São cerca de 50 testemunhas de defesa, segundo o Tribunal de Justiça da Paraíba, e, por isso, uma nova audiência para ouvir as que faltam foi marcada para o dia 25 de julho. Nesta quinta, foram ouvidos os jornalistas Marcos Lima e Tiago Loureiro, o advogado Marcos Túlio e o ex-auditor do Tribunal de Justiça Desportivo, Francisco Serpa.
No entanto, uma testemunha de acusação, que deveria ter sido ouvida nesta quinta-feira, declarou que não foi intimada, não compareceu à audiência e deve ser ouvida posteriormente.
De acordo com o TJ, essa ação penal envolve 17 denunciados. Os réus devem ser ouvidos em outra audiência, em uma data que ainda será definida.
No decorrer de oito meses de investigação, e após a gravação, com autorização judicial, de aproximadamente 105 mil ligações telefônicas de pessoas suspeitas, foi deflagrada, no início de 2018, a Operação Cartola.
Segundo a Polícia Civil, 80 pessoas foram investigadas no esquema. A operação teve como objetivo apurar crimes cometidos por uma organização composta por membros da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Comissão Estadual de Arbitragem da Paraíba (CEAF), Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD/PB) e dirigentes de clubes de futebol profissional da Paraíba e árbitros.

News Paraíba com g1pb
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.