Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Botafogo- PB vive ameaça de novo fracasso na Série C

sábado, 27 de julho de 2019

/ por Batista Santos
Tricampeão paraibano, vice-campeão do Nordeste e com uma saúde financeira de dar inveja aos rivais locais, Treze e Campinense. Foram com estas credenciais que o Botafogo-PB entrou na Série C do Campeonato Brasileiro, digno de super favorito ao acesso à Série B. Em campo, porém, o resultado é outro.
Após 14 rodadas, o Belo é apenas o sétimo colocado no grupo A da terceirona. Com 18 pontos, o time paraibano soma o mesmo número de vitórias e derrotas – quatro. Com quatro rodadas para o termino da primeira fase, o Botafogo-PB vai precisar tirar uma vantagem de cinco pontos em relação ao Ferroviário-CE, quarto colocado, com 23 pontos.
O drama entre os torcedores da equipe é grande, afinal, o time não vence há cinco partidas. A última vitória foi sobre o Treze, por 4 a 2, jogando no Almeidão, no dia 24 de junho. Ou seja: uma vitória não é comemorada na Maravilha do Contorno há mais de um mês. Muito tempo para quem entrou com status de time a ser batido.
Acesso é obsessão 
Desde 2014 na Série C, após o título brasileiro da Série D em 2013, o acesso à Série B virou uma obsessão para os botafoguenses. O alto investimento a cada ano confirma a definição empregada. O time pessoense se notabilizou pelas principais contratações do futebol paraibano nos últimos anos.
Jogadores como Lenilson, campeão brasileiro pelo São Paulo; Pio, volante com passagem por grandes clubes do Nordeste; Frontini e Pedro Castro, ambos ex-Santos; e mais recentemente Marcos Aurélio, meia ex-Sport e Internacional, foram algumas das grandes contratações do Belo.
Nesta semana, antes da derrota para o Imperatriz-MA, na última quinta-feira (25), o presidente do clube, Sérgio Meira, informou que, em caso de acesso, jogadores e comissão técnica terão só de premiação, R$ 1 milhão.
Frustrações 
Em pelo menos duas oportunidades, o Botafogo-PB chegou muito próximo do acesso. Em 2016, a classificação foi perdida no último minuto para o Boa Esporte, em Varginha-MG. A disputa caminhava para os pênaltis, quando Genises saiu do banco de reservas para adiar o sonho botafoguense. Vitória por 1 a 0, após um empate sem gols no primeiro jogo em João Pessoa.
O filme se repetiu em 2018. Após vencer o xará Botafogo de Ribeirão Preto-SP, por 1 a 0, em João Pessoa, o mais fanático torcedor do Botafogo-PB já comemorava o acesso no jogo de volta, no interior paulista, quando Caio Dantas, também no último minuto, anotou o gol que levou a decisão da vaga para os pênaltis. Nas penalidades máximas, Marcos Aurélio desperdiçou um dos pênaltis dos paraibanos, que viram os paulistas comemorarem a vaga na Série B.
Isso sem falar de 2014. No G-4, durante quase toda primeira fase, o Botafogo-PB perdeu a classificação nos três últimos jogos. Derrotas para Asa-AL e Águia de Marabá-PA e o empate com Fortaleza, tiraram os pessoenses da próxima fase.
O que ainda resta
Confiança, Globo, Náutico e Treze serão os próximos adversário do Botafogo-PB. O Belo vai precisar de um desempenho praticamente impecável nesta reta final de Série C, o que significa, preferencialmente, não perder mais. Em 2014, 2016 e 2018, o último time a se classificar havia conquistado 26 pontos. Em 2013, em uma edição atípica por ter onze times na chave, o Sampaio Corrêa avançou com 33 pontos, pontuação que o Belo não pode mais atingir este ano. Nesta edição, o quarto colocado, Ferroviário, já tem 23, o que leva a crer que a pontuação de corte vai aumentar. Com 18 pontos e quatro jogos a disputar, o Belo pode chegar ainda a 30.
News Paraiba com MaisPB
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.