Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

João Pessoa é a quinta capital brasileira com maior índice de coleta seletiva de resíduos

segunda-feira, 29 de julho de 2019

/ por News Paraíba

A cidade de João Pessoa se destaca como a quinta capital do Brasil com o maior índice de coleta seletiva do País, 5%, de acordo com dados da Associação das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) do ano de 2017. Dados do Setor de Coleta Seletiva da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) apontam que esse percentual aumentou no ano de 2018, passando para 5,3%, superior à média nacional de 3%.

“Esses dados são resultado do trabalho conjunto da nossa equipe de trabalho. Hoje, comemoramos os índices da Coleta Seletiva. Mais uma conquista, já que recentemente, João Pessoa se destacou também como a melhor da Região Nordeste no quesito limpeza urbana, de acordo com o Índice de Sustentabilidade de Limpeza Urbana (Islu) de 2017, relatório organizado pela PwC Brasil e pelo Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selur)”, ressalta Lucius Fabiani, superintendente da Emlur.

Somente nove capitais apresentam dados acima da média nacional de 3%.  João Pessoa fica atrás apenas de Florianópolis (6%), Palmas (6%), Goiânia (5,7%) e Porto Alegre (5,4%). A capital paraibana está à frente de cidades como Curitiba (4,9%), Brasília (4%), Recife (3,56%) e Maceió (3,41%).

Nos anos de 2017 e 2018 foram coletadas em João Pessoa aproximadamente 247 mil toneladas e 259 mil toneladas de resíduos, respectivamente, e levadas para o Aterro Sanitário Metropolitano que atende ao Município. Os materiais potencialmente recicláveis recolhidos pelos catadores são plástico, papel, metal, vidro e borracha.       

Catadores - O índice de 5% da coleta seletiva é referente ao material recolhido pelos catadores. Acrescenta-se à política de reciclagem da Emlur, a coleta feita pelo Catatreco e eletrônicos, além da Usina de Beneficiamento (Usiben) que recebe material residual da construção civil e repassa à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) para reutilização na terraplenagem das ruas da cidade.

Em João Pessoa, a coleta seletiva é realizada pela Prefeitura Municipal, por meio da Emlur, em parceria com associações de catadores da Capital: Acordo Verde, Associação dos Trabalhadores em Materiais Recicláveis (Astramares) e Associação de Catadores de Resíduos de João Pessoa (Ascare/JP).

Núcleos de coleta - Atualmente, a cidade conta com cinco núcleos de coleta seletiva, nos bairros Jardim Cidade Universitária, Bessa, Mangabeira, Cabo Branco e Bairro dos Estados, além do Centro de Triagem que funciona no Aterro Sanitário.

“Nós estamos desenvolvendo ações e projetos para ampliar a Coleta Seletiva em João Pessoa em parceria com essas associações conveniadas à Emlur. Esse projeto garante a inclusão social dos catadores, ajuda na preservação do meio ambiente e contribui para deixar a cidade mais limpa e organizada”, explica Joacir Rodrigues Júnior, coordenador da Coleta Seletiva.

Segundo ele, a catação é feita nos bairros onde são localizados os núcleos e nos adjacentes. A orientação à população é que o lixo destinado à Coleta Seletiva em horário diferenciado da coleta domiciliar. De preferência horas antes, porque os catadores (credenciados ou não) farão a coleta desse material.

Endereços dos núcleos
1- Bessa: Rua Projetada S/N (próximo à rua Nicolau Melo)
2- Cabo Branco: Rua Paulino Pinto S/N
3- Bairro dos Estados: Av. Espírito Santo S/N
4- Mangabeira: Rua Adjair Egito da Nóbrega S/N, Mangabeira VIII/Cidade Verde
5- Jardim Cidade Universitária: Rua Manoel Roberto do Nascimento S/N (por trás do Caic)
6- Aterro Sanitário Metropolitano – Mussuré
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.