Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

STF julga ação movida pelo partido de Netinho, em 2016, e decide que Aeroporto Castro Pinto pertence ao município de Santa Rita

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

/ por News Paraíba


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (11), declarar inconstitucionais duas leis do Estado da Paraíba que redefiniam os limites do município de Bayeux, na região Metropolitana de João Pessoa.

As leis transferiam para o território de Bayeux, 56% da área do aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, localizado no município de Santa Rita, e a totalidade do 16ª Regimento de Cavalaria Mecanizada.

A decisão unânime seguiu o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia, julgando procedente da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5499), ajuizada pelo Partido da República (PR), contra as Leis estaduais 10.176/2013 e 10.403/2015 e a lei municipal 1.409/2015, de Bayeux.

A ministra entendeu que não cabe julgar ADI no STF para questionar norma municipal.

A ação foi um pedido do ex-prefeito Netinho de Varzea Nova ao presidente do seu partido na Paraíba, o deputado Wellington Roberto, que moveu a ADI através da Executiva Nacional do PR no ano de 2016, reivindicando a posse do aeroporto para o município canavieiro, depois da oficialização de um acordo feito entre os ex-prefeitos Reginaldo e Expedito Pereira, que transferia a sede do aeroporto para Bayeux, ficando a pista de pouso em território santarritense.

News Paraíba com informações do ClickPB
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.