Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Atos irregulares de Geusa Ribeiro prejudicam 3 categorias do funcionalismo de Cabedelo

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

/ por News Paraíba

O Ministério Público do Estado em Cabedelo, através do promotor Guilherme Barros Soares, expediu, na tarde desta terça-feira (18), portaria reconhecendo a ilegalidade dos atos da sessão ordinária da Câmara Municipal de Cabedelo no último dia 27 de novembro.

A sessão marcou a aprovação irregular do Projeto de Resolução n.° 010/2018, de autoria do vereador Eudes, que nomeava a composição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2020, mantendo a atual presidente do parlamento, Geusa Ribeiro, no cargo, elevando-a ao status de prefeita a partir do dia 1° de janeiro.

Com a decisão do MPPB, já é a quarta derrota sofrida por Geusa desde que concebeu o chamado “golpe”.

Acontece que, por conta das reconhecidas irregularidades da Resolução 010, todos os demais atos da referida sessão acabaram revogados pela Justiça e agora pelo Ministério Público.


Dentre as matérias aprovadas, estava o aumento salarial de 3 categorias do serviço público municipal cabedelense, que agora ficam prejudicadas em virtude da anulação dos atos daquela sessão.

Em vídeo, gravado nesta tarde, o prefeito Vítor Hugo tranquilizou os servidores, garantindo que assim que a ordem for restabelecida na Câmara Municipal, enviará nova mensagem ao parlamento propondo novo aumento salarial aos funcionários prejudicados.

ASSISTA:


News Paraíba
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.