Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Governo anuncia crédito de até R$ 30 mil para cada caminhoneiro

quarta-feira, 17 de abril de 2019

/ por News Paraíba

O governo federal anunciou nesta terça-feira, 16, uma linha de crédito de até 30 mil reais para cada caminhoneiro autônomo por meio de financiamento via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O crédito seria voltado para compra de pneus e manutenção dos veículos, segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

A linha de crédito faz parte de uma agenda que está sendo discutida entre os caminhoneiros e o Ministério da Infraestrutura. No total, serão liberados 500 milhões de reais para toda a categoria.

Segundo a Veja, o caminhoneiro pode pegar o empréstimo primeiro nos bancos públicos, Banco do Brasil e Caixa, e depois nos “demais bancos e cooperativas de crédito de todo o Brasil”, segundo o governo. De acordo com o ministro, a linha de crédito é restrita a caminhoneiros que tenham até dois caminhões por CPF.

O pacote de medidas foi anunciado após diversas reuniões dos caminhoneiros com o governo, que detectou o risco de uma nova greve do setor. Na semana passada, devido à possibilidade de paralisação, o presidente Jair Bolsonaro interveio no anúncio do aumento do diesel. A Petrobras havia anunciado reajuste de 5,75% e voltou atrás.

No ano passado, caminhoneiros autônomos pararam por cerca de dez dias protestando contra a alta dos preços dos combustíveis e pedindo uma tabela de preços mínimo para o frete. Durante a paralisação, houve desabastecimento de combustíveis e de alimentos em boa parte do país.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, anunciou a liberação de 2 bilhões de reais para obras e manutenção de estradas consideradas prioritárias, entre elas a pavimentação da BR-163, que liga o Centro-Oeste ao Norte do país.

Sobre a origem dessa quantia, Lorenzoni afirmou que a equipe econômica fará um rateio na coluna de despesas para que todos possam contribuir com a medida anunciada. “Houve um grande esforço no sentido de poder contemplar, apesar das dificuldades orçamentárias, aquilo que verdadeiramente mexe na vida da sociedade brasileira. Equipe de economia vai fazer, na coluna de despesas, um rateio entre todos, cada um vai dar uma contribuição para permitir melhora nas estradas brasileiras”, disse 
Lorenzoni.
 
Demais medidas

Haverá também manutenção nos pontos de parada dos caminhoneiros. “É um aumento de qualidade de vida e segurança para os caminhoneiros”, disse Gomes. Os contratos das novas concessões a serem lançadas trarão a obrigatoriedade de construção de pontos de parada adequados e com segurança, segundo o ministro da Infraestrutura.

Ainda de acordo com Gomes, o governo vai fomentar a criação de cooperativas de caminhoneiros. Além disso, há uma iniciativa de desburocratização, como a introdução de um documento único de transporte. Haverá um piloto a ser feito no Espirito Santo. Todos os documentos seriam reunidos em uma única nota.

Segundo o ministro da Infraestrutura, o principal esforço do governo será construir uma referência de piso para o preço do frete que seja aceito por todos. “Modelar preço do frete não é uma tarefa simples. O trabalho está pronto e vamos debater”, afirmou.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.