Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Protestos bloqueiam ruas e garagens de ônibus, na Paraíba

sexta-feira, 14 de junho de 2019

/ por News Paraíba

Protestos estão bloqueando algumas ruas na cidade de João Pessoa, desde o início da manhã desta sexta-feira (14). Os manifestantes protestam contra a reforma da Previdência e outras ações do governo federal.

A saída do bairro dos Bancários, com sentido para o Centro de João Pessoa está fechada desde 4h. Manifestantes queimaram pneus e bloquearam a via. Os motoristas foram orientados pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar a seguir pela contra-mão e continuar o trajeto. O bloqueio foi desfeito por volta das 9h10.

No bairro de Oitizeiro, manifestantes também se concentraram nesta sexta-feira com bloqueio no sentido para o Centro da capital. Pneus foram queimados e grupo se reuniu com faixas de protesto. Na BR-101, o trânsito ficou lento e difícil de transitar nas primeiras horas desta sexta-feira. Quem seguia para Cruz das Armas precisou pegar a BR-230 e entrar no bairro Jardim Veneza. O bloqueio foi desfeito por volta das 9h50.

Na Avenida Liberdade, em Bayeux, na Grande João Pessoa, manifestantes bloquearam os dois sentidos da via. O local é a principal ligação entre Bayeux e a capital. Como desvio, alguns motoristas estão usando a ponte Sanhauá, já que a ponte do Baralho está bloqueada. No acesso da parte de baixo, por uma pequena ladeira, um carro foi colocado para impedir a passagem também nesse desvio.

Segundo o G1, a saída do bairro do Varadouro, com direção para o Acesso Oeste e Terminal de Integração de João Pessoa, também foi bloqueado pelo pelos manifestantes por volta das 8h40, que queimaram pneus e fecharam a via.

Campina Grande

Em Campina Grande, funcionários de uma empresa de telemarketing foram impedidos de entrar. Manifestantes bloquearam a entrada do local, no início da manhã desta sexta-feira, no bairro do Cruzeiro. Um policial militar foi flagrado dando um tapa na cara de um estudante que participava do protesto.

O comando do 2º Batalhão da Polícia Militar informou que está analisando o caso. Em nota, a PM informou que um dos manifestantes estava mais exaltado e entrou em discussão com um dos policiais."O policial que aparece nas imagens em discussão com o manifestante foi chamado para apresentar detalhes do fato. As imagens serão analisadas, bem como outras que chegarem, e o caso será objeto de uma apuração mais detalhada por parte da corporação", disse a nota.
Policial militar dá tapa na cara de manifestante, em Campina Grande

Policial militar dá tapa na cara de manifestante, em Campina Grande

Ônibus com pouca circulação

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP), a frota de ônibus na capital foi absolutamente comprometida com bloqueio nas garagens dos ônibus no início desta sexta-feira. "Praticamente não há ônibus circulando", informou Isaac Moreira, presidente do Sindicato. Alguns ônibus conseguiram circular, mas apenas no início da manhã. Depois, foram impedidos. Os bloqueios foram liberados por volta das 10h50. A programação para essa sexta é de que 75% da frota operante circule na capital.

Em Campina Grande, os ônibus começaram a sexta-feira circulando normalmente. No entanto, por volta das 9h50, 100% da frota foi paralisada no percurso, devido aos protestos na cidades. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), alguns trechos ficarão sem cobertura de ônibus.

Funcionamento das escolas e universidades

    Escola particulares: Em João Pessoa, os colégios estão sem aulas nesta sexta-feira para cumprimento da segunda assembleia geral da categoria em 2019. Em Campina Grande, todas as escolas particulares estão em funcionamento.
    Escolas públicas: As escolas públicas estaduais, conforme a assessoria de imprensa, devem funcionar normalmente. Lá a escolas municipais de João Pessoa não funcionam e aderem à paralisação. No entanto, de acordo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep), todos os professores da rede pública pararam as atividades nesta sexta. Em Campina Grande, a orientação é que cada gestor decida sobre o funcionamento da instituição.
    Universidades: A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) estão sem aulas nesta sexta.

Outras categorias aderiram às paralisações

    Os trens não funcionaram nesta sexta-feira na Grande João Pessoa.
    As agências bancárias também paralisaram as atividades, aderindo ao movimento.
    A categoria dos Correios também aderiu à paralisação.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.