Responsive Ad Slot

Últimas

Últimas

Candidatura de Moro a vice-presidente racha base de Bolsonaro

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

/ por News Paraíba

SOMA

“O ministro Moro tem apoio da mesma base de eleitores conservadores do presidente. É preciso somar, atrair outros grupos”, diz o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP). “Os evangélicos, por exemplo, vão ser disputados a tapa”, segue ele. “O presidente precisa fidelizar esse grupo.”
 
SUBTRAÇÃO 

Moro também tem resistência de setores políticos que apoiam Bolsonaro e que rejeitam o ex-juiz por seu passado na Operação Lava Jato.
 
ME CONTA

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales perguntou à Folha, antes da entrevista feita na semana passada, se Lula vai mesmo se casar —como anunciou ao sair da prisão.
 
ELO 

“E pode casar mas não pode ser candidato a presidente?”, questionou ele, rindo.
 
CURVA 

O Banco do Brasil registrou recorde de resgates eletrônicos de depósitos judiciais em 2019: 1 milhão de operações até outubro, num total de R$ 18,9 bilhões. Em 2018 foram 700 mil resgates, de R$ 10,8 bilhões.
 
NO BOLSO

As operações se referem a valores que estão retidos, sendo liberados só após decisão da Justiça.
 
DE PERTO 

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, designou uma promotora do júri para acompanhar a investigação sobre as nove mortes em Paraisópolis. A informação foi dada por ele a parlamentares e entidades que o visitaram na segunda (2).
 
SENDO CLARO

A iniciativa mostra, no entendimento dos deputados, que o caso será tratado como investigação de homicídio.
 
COLETIVO 

No encontro estavam representantes da OAB, do Sindicato dos Advogados de SP, do grupo Prerrogativas, da Rede Contra o Genocídio da População Jovem, do IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa), da Fundação Alana e parlamentares como Paulo Teixeira (PT-SP), Carlos Zaratini (PT-SP) e Erica Malunguinho (PSOL-SP).
BALANÇO ANUAL

Os presidentes do Banco Central, Roberto Campos Neto, e do conselho de administração do Itaú Unibanco, Pedro Moreira Salles, estiveram no almoço da Febraban realizado na segunda (2), em São Paulo. Os presidentes do Bradesco, Octavio de Lazari, do Santander Brasil, Sergio Rial, do Itaú Unibanco, Candido Bracher, e da Febraban, Murilo Portugal, também compareceram, assim como o ex-ministro Nelson Jobim.
 
ESPERA 

A Associação de Moradores de Paraisópolis afirma que não foi procurada pelos governos estadual e municipal para falar do episódio em que nove pessoas morreram após uma ação da Polícia Militar em um baile funk na comunidade da zona sul de São Paulo, no domingo (1º).
 
ESPERA 2 

“Não recebemos lamento nem posicionamento. Parece que foi só mais um caso, o que é triste”, diz o presidente da associação, Gilson Rodrigues. “Se fosse em bairro rico, teriam vindo até vestido de bombeiro”, ironiza ele.
 
TROMBONE

Grupos como a Coalizão Negra por Direitos e a Conectas vão oficiar entidades como a Organização dos Estados Americanos e a ONU para que elas apurem o caso. Eles também planejam uma manifestação na quarta (4).
 
MICROFONE 

E os deputados estaduais Carlos Giannazi (PSOL) e José Américo (PT) pediram que a Assembleia Legislativa de São Paulo convoque o secretário de Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, e o comandante da PM, Marcelo Vieira Salles, para esclarecer a ação em Paraisópolis.
 
À FRANCESA 

“Se você é o responsável pela nação e não ouve o que os cientistas estão falando, você não é capaz de realizar o seu trabalho”, disse a atriz Juliette Binoche em entrevista ao programa “Metrópolis”, da TV Cultura.
 
NO AR 

À atração, ela falou sobre diferentes temas —e afirmou que o seu diretor brasileiro preferido é Walter Salles. O programa irá ao ar nesta terça-feira (3).
 
SALA... 

Os secretários estaduais Rossieli Soares (Educação), Sérgio Sá Leitão (Cultura), Célia Leitão (Pessoa com Deficiência) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) se reunirão na próxima semana com Maria Helena Guimarães Castro, do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos).
 
... DE AULA 

O encontro, promovido pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), terá como tema os rumos das políticas estaduais a partir dos resultados do Brasil e de SP no Pisa 2018, cujos resultados serão divulgados nesta terça (3).
 
NA ÁREA

Gabriel Kanner, do Instituto Brasil 200, e as jornalistas Bruna Estivalet e Luciana Canuto lançam a agência Passus, que fará estratégias de comunicação e conteúdo para políticos.

Os atores Lázaro Ramos e Taís Araújo participaram da cerimônia do 2º Prêmio Viva, realizado na Sala São Paulo, na semana passada. A reitora da UFSB, Joana Guimarães, e a comandante da GCM de São Paulo, Elza Paulina, também passaram por lá.

Coluna de Mônica Bergamo, da Folha.
Não deixe de ler
© Todos os direitos reservados.